Site Overlay

Ação da BRF chega a disparar 14% com possível contra-ataque da JBS à Marfrig

As ações da companhia de alimentos BRF (BRFS3) saltaram no início dos negócios na B3 nesta sexta-feira (10), após notícia de O Globo de que a rival JBS (JBSS3) estuda um contra-ataque à Marfrig (MRFG3) para supostamente avançar sobre o controle da dona das marcas Sadia e Perdigão.

Procurada, a JBS disse que não comenta especulações de mercado.

O movimento da JBS, maior produtora global de carnes, ocorreria depois de a Marfrig ter se tornado recentemente a maior acionista individual da BRF, num movimento que surpreendeu o mercado.

Por volta de 15h20, as ações da BRF desaceleravam os ganhos a 4,26%, negociadas a R$ 29,14. Na máxima, chegaram a R$ 31,98 na máxima (+14,4%).

Veja também: