Site Overlay

Como declarar BDRs no Imposto de Renda 2021?

Os BDRs (Brazilian Depositary Receipts) são recibos que representam ações emitidas por empresas de fora do Brasil. Neste cenário, o investidor não compra os papéis diretamente, investindo por meio de certificados garantidos pelas instituições financeiras, eles não são os papéis em si (ações estrangeiras), mas estão lastreados nelas.

MAIS: SAIBA TUDO SOBRE O IMPOSTO DE RENDA 2021

A tributação no Imposto de Renda é de 15% para operações normais e 20% em day trade, não havendo isenção para nenhuma faixa de valor, e o recolhimento é realizado por meio de DARF mensal (carnê-leão), com vencimento no mês subsequente ao do mês que o lucro foi apurado. 

Da mesma forma que ocorre com ações, nos meses que forem apurados prejuízos com operações BDRs, o valor deve ser lançado na ficha de renda variável do programa do Imposto de Renda anual para abater lucros futuros. Ou seja, se você teve um prejuízo em determinado mês maior que o lucro do mês seguinte, não haverá DARF para recolhimento.

Para declarar seus investimentos em BDRs, na ficha “Bens e Direitos”, selecione o código  “49 – Outras aplicações e Investimentos”. No item “Localização (País)”, selecionar a opção “105 – Brasil”. 

Especifique a quantidade de BDRs, o nome da empresa/ticker papel e a corretora utilizada para a compra no campo “Discriminação” e informe quanto você possuia em investimentos nessa modalidade em 31.12.2019 e o saldo em 31.12.2020, incluindo taxas e corretagens.

* Charles Gularte, VO de Operações da Contabilizei.

MAIS SOBRE O IMPOSTO DE RENDA 2021: