Site Overlay

Ibovespa cai seguindo exterior, mas Vale limita perdas; dólar sobe

O Ibovespa, principal índice da B3, fechou em queda nesta terça-feira (27), seguindo a tendência negativa em Wall Street. A alta das ações da Vale (VALE3), no entanto, limitaram as perdas. Já o dólar mudou de sentido e fechou em alta sobre o real.

O Ibovespa caiu 1%, aos 119.388 pontos. O dólar subiu 0,23%, a R$ 5,46. Veja outras cotações.

O dia era negativo nos principais mercados globais, com receios diante da piora da pandemia de covid-19 em diversos países asiáticos. Além disso, o mercado aguarda sinais sobre os próximos passos da política monetária do Federal Reserve, (Fed, o banco central dos Estados Unidos), que se reúne nesta terça e na quarta-feira.

“A tendência é de que o Fed não mexa nos juros, e por um bom tempo”, explicou Mauriciano Cavalcante, diretor de câmbio da Ourominas. Segundo ele, esse contexto pode favorecer uma maior tomada de riscos por parte dos investidores internacionais, que vão buscar rendimentos mais altos fora dos Estados Unidos.

Nesse cenário, mesmo os resultados de empresas nos Estados Unidos acima do esperado não eram bastante para sustentar os principais índices de Wall Street, que reverteram para baixo, após abertura em alta.

Por aqui, investidores seguem atentos ao noticiário ligado à pandemia, inclusive sobre a instalação da CPI da covid e seus possíveis desdobramentos para o governo de Jair Bolsonaro. A CPI deverá ser palco de uma guerra de narrativas sobre a gestão da pandemia e, dada a grande atenção que receberá da opinião pública nos próximos meses, tem potencial para causar estragos à imagem do governo, avaliaram fontes políticas e especialistas.

Destaques da bolsa

VALE (VALE3) subiu 1,43%, após a mineradora divulgar na noite da véspera lucro líquido de US$ 5,5 bilhões no primeiro trimestre, ante US$ 239 milhões na mesma etapa de 2020, com apoio da alta dos preços do minério de ferro.

CIA HERING (HGTX3) caiu 5,17% após um salto de 26% na véspera, dia do anúncio de acordo para fusão com o Grupo Soma. Nesta manhã, a AREZZO (ARZZ3), que teve uma proposta recusada pela Cia Hering na semana passada, informou que não fará uma nova e suas ações tinham recuo. Por sua vez, os papéis do Grupo Soma (SOMA3) recuaram 6,08%.

Bolsas globais

Resultados fracos da Tesla (TSLA34) e da 3M (MMMC34) pressionavam os principais índices de Wall Street nesta terça-feira, mudando o foco dos investidores para os balanços das grandes empresas de tecnologia, incluindo Microsoft (MSFT34) e Alphabet (GOGL34), mais tarde no dia.

  • O índice Dow Jones subiu 0,01%, a 33.985 pontos
  • S&P 500 perdeu 0,021492%, a 4.187 pontos
  • índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,34%, a 14.090 pontos

As ações europeias fecharam em queda nesta terça-feira, já que o otimismo sobre fortes balanços corporativos britânicos foi compensado pela notícia de que o UBS sofreu impactos após negociações com a firma de investimentos norte-americana Archegos, enquanto as ações de viagens alcançaram máximas recordes em meio a esperanças de uma recuperação pós-covid.

  • Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,26%, a 6.944,97 pontos.
  • Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,31%, a 15.249,27 pontos.
  • Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,03%, a 6.273,76 pontos.
  • Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,17%, a 24.473,06 pontos.
  • Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,63%, a 8.756,70 pontos.
  • Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,16%, a 5.012,61 pontos.

O índice de ações blue-chips da China devolveu perdas iniciais para fechar em alta nesta terça-feira, ajudado por um impulso dos setores de saúde e bens de consumo básicos, embora o fraco desempenho industrial tenha pesado depois que dados mostraram um ritmo lento de crescimento dos lucros no setor.

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,46%, a 28.991 pontos.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,04%, a 28.941 pontos.
  • Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,04%, a 3.442 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,26%, a 5.090 pontos.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,07%, a 3.215 pontos.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,13%, a 17.595 pontos.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,30%, a 3.214 pontos.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,17%, a 7.033 pontos.

(*Com informações da Reuters)