Site Overlay

Lucro líquido da M. Dias Branco soma R$ 142,3 milhões no 2º tri, queda de 6,6%

A fabricante de massas e biscoitos M. Dias Branco (MDIA3) registrou lucro líquido de R$ 142,3 milhões no segundo trimestre deste ano, queda de 6,6% ante o mesmo intervalo do ano passado.

De acordo com relatório de resultados divulgado na noite desta sexta-feira (6), o recuo foi ocasionado pela queda no lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda) e pela variação negativa do resultado financeiro em função de despesas financeiras com variação monetária; juros sobre debêntures emitidas no primeiro trimestre deste ano; custo para contratação de contrato de derivativos de câmbio e variação cambial das exportações.

A receita líquida da empresa somou R$ 1,978 bilhões no período, uma alta de 5% em relação ao mesmo período do ano passado, impulsionada, segundo a companhia, pelo aumento do preço médio de 24,6%, o que compensou a retração dos volumes em 16%.

“Destacamos que o segundo trimestre de 2020 foi marcado pelo aumento temporário e atípico da demanda, estimulada pelo auxílio emergencial e pelo aumento do consumo dentro dos lares, criando uma base de comparação mais difícil para o segundo trimestre de 2021.  Na comparação com o segundo trimestre de 2019, os volumes ficaram estáveis e a receita líquida cresceu 28%”, informou a empresa em relatório de resultados.

O Ebitda ficou em R$ 167,2 milhões, uma queda de 25,8% em relação ao mesmo intervalo do ano passado, o que é explicado pelo aumento das commodities em doláres, pela queda dos volumes e pelo impacto desfavorável do câmbio, segundo a empresa.

Veja também

  • Com Selic a 5,25% ao ano, dá pra ‘surfar’ com a marcação a mercado?
  • 7 taxas que o investidor precisa conhecer antes de investir
  • Bolsa Família e precatórios preocupam mercado; entenda o tema em 7 pontos
  • Copom mais rígido X Ibovespa em queda; o que faltou?