Site Overlay

PayPal não cobrará multas por atraso em serviço de ‘compre agora, pague depois’

O PayPal Holdings não cobrará mais multas por atraso de clientes que pularem prestações no serviço “compre agora, pague depois” (BNPL, na sigla em inglês), em meio ao acirramento da competição no setor.

As mudanças entrarão em vigor a partir de outubro nos Estados Unidos, Reino Unido e França, afirmou a empresa nesta quarta-feira (18). Os serviços de BNPL do PayPal na Alemanha e na Austrália já não cobram essas taxas.

A empresa, que começou a oferecer o serviço BNPL no ano passado, espera que a mudança ajude a tornar seus produtos mais acessíveis e atrativos aos consumidores.

Sentimos que as multas por atraso estavam prejudicando a experiência do consumidor“, disse o vice-presidente de Produtos Globais Pague Depois da PayPal, Greg Lisiewski, em uma entrevista.

As mudanças chegam no momento em que reguladores ao redor do mundo olham mais perto o setor BNPL, sob rápido crescimento, em uma tentativa de garantir que consumidores não assumam mais dívidas do que podem aguentar.

“Devido ao crescimento alto e à aceleração deste espaço durante a pandemia, reguladores em todo lugar estão prestando atenção”, disse Lisiewski.

“Achamos que é apropriado, e achamos que as taxas por atraso serão, e estão sendo, parte dessa discussão, e achamos que ser o mais simpático possível com o consumidor nos coloca em uma posição melhor com os reguladores.”

Questionado se abandonar as multas por atraso representaria um risco de encorajar mais clientes a deixar de pagar seus empréstimos, ele disse que não esperava ver esse tipo de situação. O PayPal não divulga as taxas padrão em compras pelo BNPL.

Os serviços BNPL, que permitem que consumidores parcelem as suas compras, cresceram durante a pandemia, com muitas pessoas recorrendo ao comércio online.

O crescimento explosivo do setor levou a uma competição maior.

No começo deste mês, a Square, empresa de pagamentos liderada pelo CEO do Twitter, Jack Dorsey, anunciou que estava comprando a empresa de BNPL australiana Afterpay Ltd.

Os modelos de BNPL variam. Alguns fornecedores retiram a maioria dos lucros coletando taxas dos comerciantes nos pontos de venda e outros cobram juros e taxas por atraso dos consumidores.

As multas do PayPal variam com base em regulamentações de cada país e Estado dos EUA. Desde que lançou o serviço, a empresa processou mais de US$ 3,5 bilhões em pagamentos totais por meio de produtos BNPL, disse o PayPal. Mais de 7 milhões de consumidores já usaram os produtos, acrescenta.

Veja também