Site Overlay

Preço dos imóveis: alta acelera e tem maior avanço desde 2014

A alta do preço dos imóveis acelerou em junho para 0,57% – um avanço em relação aos 0,48% de maio e 0,3% em abril. Com isso, o valor médio da venda de casas e apartamentos registrou a maior alta mensal desde agosto de 2014. É o que aponta pesquisa FipeZap divulgada nesta terça-feira (6).

O valor médio entre as 50 cidades pesquisadas ficou em R$ 7.655 por metro quadrado. Apesar do avanço, o preço dos imóveis ainda segue abaixo da inflação.

No acumulado do ano, a alta nos preços é de 2,17% – contra a expectativa do mercado de 3,82% para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A variação representaria então uma queda real de 1,58% no preço dos imóveis.

Em 12 meses, a alta do preço dos imóveis também fica abaixo da inflação: 4,76%, contra previsão de 8,4% do IPCA para o mesmo período. Isso representa uma queda do preço dos imóveis de 3,36% em termos reais.

O preço médio de venda dos imóveis em 2020 teve alta de 3,67%, o maior avanço em 12 meses desde julho de 2015, com 4%.

Veja também: