Site Overlay

Prefeitura SP abre seleção para 500 vagas de emprego; maioria é no comércio

Destaque para as vagas de repositor e estoquista de mercadorias, que contam com 168 vagas e salários entre R$ 1.250 e R$ 1.555

Nesta semana, o Cate (Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo), da Prefeitura de São Paulo, está com mais de 500 vagas abertas, com pelo menos metade dedicadas ao setor do comércio. A maior concentração das vagas está nas zonas sul, oeste e leste.

As ocupações de repositor e estoquista de mercadorias contam com 168 vagas, com salários que variam entre R$ 1.250 e R$ 1.555. As oportunidades são efetivas e temporárias, exigindo dos candidatos escolaridade entre fundamental e médio. Algumas empresas oferecem treinamento, não requerendo experiência.

Para vendedor estão disponíveis 30 oportunidades, com ganhos entre R$ 1.100 e R$ 2.000. Os interessados precisam ter conhecimento de técnicas de venda, com pelo menos três meses de atuação. O ensino médio deverá ser comprovado durante o processo de contratação.

O setor do comércio oferece ainda no Cate oportunidades como operador de caixa e atendentes em supermercados em setores como hortifruti e de frios, que exigem experiência e facilidade para atuar com o público. Os rendimentos chegam a R$ 1.442 com oportunidades no bairro do Campo Belo, na zona sul.

“Mesmo em um ano com tantos sobressaltos na economia diante da crise sanitária, o comércio tem buscado soluções para manter as vendas e ampliar os quadros profissionais. É também a porta de entrada para muitas pessoas que se descobrem com habilidades para lidar com o público, sendo uma oportunidade para quem está começando na vida profissional ou mudando de área”, avalia a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

Como se inscrever nas vagas de emprego do Cate

O processo seletivo conta com a primeira fase on-line, bastando se inscrever pelo site www.bit.ly/vagasnocate até o dia 16, às 18h. O candidato que atender ao perfil exigido, será convocado pela equipe do Cate para demais etapas do processo seletivo, com dia e horário agendados para evitar aglomeração nas unidades, em decorrência da pandemia pelo coronavírus.