Site Overlay

Se PIB subir 5% em 2021, economia terá crescido 9% em 2 anos? Não é verdade

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira (21) que, se o Produto Interno Bruto (PIB) crescer 5% em 2021, o resultado será uma alta de 9% considerando também o resultado de 2020. Não é verdade!

“Alguns projetam um crescimento de 5% positivo esse ano… Se 5% é positivo e o ano passado foi 4% negativo, crescemos 9%. É um milagre. É uma coisa inacreditável”, disse Bolsonaro à Rádio Jovem Pan Itapetininga.

Na verdade, se o PIB crescer 5% em 2021, o resultado é um ganho de menos de 1% em 2 anos para a economia. Isso porque, se tivermos 100 unidades e perdermos 4,1%, ficamos com 95,9. Se crescermos 5%, teremos ao final 100,695. Ou seja, 4,1% de queda seguido por 5% de alta resulta em um ganho de 0,695% do PIB.

Queda e recuperação do PIB

O PIB do Brasil em 2020 teve uma queda de 4,1%, a maior em 20 anos, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). Puxado pela crise da pandemia da covid-19, esse foi o pior recuo anual desde o começo da série histórica, em 1996.

Para 2021, a expectativa é de recuperação da economia. A estimativa do governo é de alta de 5,3% do PIB neste ano, segundo dados atualizados pelo Ministério da Economia na última quarta-feira (14). Na mesma linha, o mercado financeiro espera um aumento de 5,27% do PIB, de acordo com a estimativa mais recente do Boletim Focus.

Veja também:

  • PIB e pandemia: Por que a economia cresceu no trimestre em que a pandemia atingiu o auge?
  • Cortes no auxílio emergencial refletem no PIB, mas vacina muda cenário
  • Economia pode sofrer efeitos da pausa escolar na pandemia por até 2 décadas
  • Reforma tributária deixa dividendos isentos em até R$ 20 mil? Não é verdade
  • Comprar ou alugar imóvel? Veja como avaliar qual opção vale mais a pena