Site Overlay

Vendas no varejo físico no Natal têm pior desempenho desde 2003, diz Serasa

As vendas no varejo físico brasileiro na semana do Natal de 2020 tiveram queda de 10,3% na comparação com o mesmo período de 2019, segundo o Indicador de Atividade do Comércio da Serasa Experian, registrando o pior desempenho da série histórica, iniciada em 2003.

O resultado considera o período do dia 18 ao dia 24 de dezembro e é calculado com base em uma amostra das consultas realizadas no banco de dados da Serasa Experian.

Na análise do fim de semana, entre 18 e 20 de dezembro, a queda foi de 5,6% frente aos dias 20 a 22 do mesmo mês de 2019. Em São Paulo, a redução nas vendas foi menos significativa do que a média do país. Houve recuo de 7,8% na semana da data comemorativa e de 1,0% no fim de semana.

Em nota, os especialistas da Serasa Experian afirmam que o surgimento de uma segunda onda de contaminação de covid-19 afugentou o consumidor das lojas.

Além disso, dizem, parte das vendas de Natal foi antecipada na Black Friday, período em que o movimento do varejo físico mostrou alta de 6,1%.